quarta-feira, 20 de maio de 2009

Não sei...

Não sei.
As vezes fico assim,
olhos vidrados no branco
mente perdida no passado,
uma vontade de correr para teus braços
de beijar a tua boca
de morrer de amores no teu sexo.
Vontade de recomeçar,
esquecer, mudar,
transformar a poesia
em recado,
em bilhete de não esqueça o mercado.

Olhares noturnos,
remelas diurnas,
halito madrigal,
gordura vegetal.
Café sem açucar,
cabelo na boca,
brigas embreagadas,
sexo nas escadas.

Não sei.

Pode ser que seja alcool, THC, nostalgia,
nicotina ou pura sem vergonhice.
Não sei.
Mas as vezes fico assim...

2 comentários:

Leandro Coimbra disse...

Sexo nas escadas deve ser algo bem prático.
Mas, putz, tô com preguiça de pensar. O que é THC?

joh disse...

THC é da erva.